Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas da Cidade dos Leões

Um Blog que começou por ser um diário e que cresceu para algo mais. Por aqui os temas vão do desenvolvimento pessoal ao bem estar sempre com dicas e reflexões a propor. Sê bem vindo e se te agrada: segue! :)

Crónicas da Cidade dos Leões

Um Blog que começou por ser um diário e que cresceu para algo mais. Por aqui os temas vão do desenvolvimento pessoal ao bem estar sempre com dicas e reflexões a propor. Sê bem vindo e se te agrada: segue! :)

Ter | 19.01.21

Sindrome da Página em Branco...

Nala

Este início de ano não têm sido muito rentável para mim a nível de escrita. 

Muitas coisas mudaram mas mesmo assim esso não é a única razão desta minha falta de vontade de escrever. 

Gosto de escrever e de comunicar. E sou muito mais eficaz a fazê-lo por via da escrita. Gosto de falar de coisas fúteis, de vida, de tudo e mais alguma coisa...

Escrever é quase um escape... um hobbie mas, ao mesmo tempo um desafio continuo que me permite desenvolver habilidades e sonhos. 

E esta sindrome da página em branco chateia-me porque quanto menos escrevo mais tenho dificuldades em voltar a escrever. E todos os temas que me vêem à cabeça são coisas sobre os quais não quero escrever! 

Não me apetece escrever sobre política, estou farta do assunto COVID (já me basta no hospital) e parece que este mês de Janeiro veio com a sua monotonia habitual amplificada por todas as medidas restritivas e os seus dias frios e cinzentos.

E é para fugir desse "marasmo" e de "sempre os mesmos assuntos" que me forço hoje a escrever. E também apresento para vos pedir sugestões. De temas alegres ou nem por isso que gostavam que tratasse aqui no blog. 

Fico à espera das vossas sugestões e ideias que tratarei com carinho! 

Um grande beijinho e até ao próximo post!

aaron-burden-o-ubWHV29Uk-unsplash.jpg

Photo by Aaron Burden on Unsplash

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos.

8 comentários

Comentar post