Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas da Cidade dos Leões

Um Blog que começou por ser um diário e que cresceu para algo mais. Por aqui os temas vão do desenvolvimento pessoal ao bem estar sempre com dicas e reflexões a propor. Sê bem vindo e se te agrada: segue! :)

Crónicas da Cidade dos Leões

Um Blog que começou por ser um diário e que cresceu para algo mais. Por aqui os temas vão do desenvolvimento pessoal ao bem estar sempre com dicas e reflexões a propor. Sê bem vindo e se te agrada: segue! :)

Qui | 26.12.19

Quando tive de recorrer a uma psicóloga...

... E isso se tornou um ponto de viragem em 2019.

Nala

E agora que o Natal já lá vai começam as reflexões e as resoluções de Ano Novo. Por isso neste post pretendo falar convosco sobre um dos momentos que mais marcou o meu ano (e que deu, indiretamente, origem a este blogue). 

Em meados de Maio passei por uma fase muito complicada: de um lado estava infeliz com o meu trabalho, não via mais nada à frente e sentia que nada fazia sentido e, por outro, sentia-me culpada por estar infeliz numa fase em que estava noiva. E as noivas querem-se felizes, como todos nós sabemos... 

Foi uma altura difícil com níveis de ansiedade bastante altos, noites sem dormir, muitas lágrimas e nenhuns objetivos nem perspectivas optimistas de futuro. Em resumo sentia-me presa numa "gaiola" e não via forma de me escapar dela, sobrando apenas de toda aquela "maré negra" a relação que tenho e onde me sinto como "num porto seguro". 

Enquanto as coisas iam "avançando" tentei lidar com a situação mas acabei por me aperceber que não podia lidar sozinha com isto. Foi então que procurei, também devido à insistência do meu companheiro, a ajuda de uma psicóloga. 

Desde que comecei as minhas sessões, já lá vão alguns meses houve altos e baixos.

Houve aprendizagens, trabalho "interno" e muita reflexão. Houveram momentos de desesperos que se tornaram aos poucos oportunidades de aceitação. 

Hoje estou francamente melhor, apesar de continuarem a haver "dias melhores do que outros" mas de uma coisa tenho a certeza: se não tivesse pedido ajuda naquela altura, se não tivesse um namorado que estava lá para mim sem qualquer hesitação, uma família impecável e uma profissional competente para me ajudar hoje não estaria tão bem e nem este blogue existiria para vos contar esta história: a minha.

E ainda posso partilhar convosco todas as pequenas descobertas e experiências que tenho vindo a fazer para melhorar o meu bem estar e, em consequência a pessoa que sou, ou na qual me estava a tornar. 

morgan-harper-nichols-OMXPrCAhxrE-unsplash.jpgPhoto by Morgan Harper Nichols on Unsplash

Para "não perder pitada" não te esqueças de seguir o blogue pelo Facebook e Instagram!

 

8 comentários

Comentar post