Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas da Cidade dos Leões

Um Blog que começou por ser um diário e que cresceu para algo mais. Por aqui os temas vão do desenvolvimento pessoal ao bem estar sempre com dicas e reflexões a propor. Sê bem vindo e se te agrada: segue! :)

Crónicas da Cidade dos Leões

Um Blog que começou por ser um diário e que cresceu para algo mais. Por aqui os temas vão do desenvolvimento pessoal ao bem estar sempre com dicas e reflexões a propor. Sê bem vindo e se te agrada: segue! :)

Seg | 27.07.20

O fenómeno "Cristina"

Nala

Muito se têm falado nestas últimas semanas do regresso de Cristina Ferreira à TVI.

Apareceram montes e montes de reportagens, entrevistas e posts nas redes sociais sobre o assunto e, muitos deles, bastante críticos em relação ao percurso da apresentadora e à sua forma de estar.

Pessoalmente não aprecio o estilo de Cristina Ferreira mas reconheço-lhe qualidades impressionantes e sobretudo uma vontade de ferro. É de remarcar a sua versatilidade enquanto mantém o seu estilo pessoal e deixa tantas pessoas rendidas ao ecrã enquanto segue com imensos outros projetos ao mesmo tempo e ainda arranja um bocadinho para ser mãe.

Se bem me recordo quando mudou de canal de televisão foi acusada entre outras coisas de "traidora" e agora que volta à "casa-mãe" é mais uma vez agraciada com um mar de críticas e de comentários sugerindo que devia recusar um salário tão alto entre outras baboseiras enormes. Especialmente aquele tipo de baboseiras que todos dizem que fariam mas que, se a situação se apresenta-se, olhariam para o lado e assobiariam. 

Se o assunto em si e toda a "roupa suja" pouco me interessa, e penso que a própria não se deve importar muito mais do que eu, o "Fenómeno Cristina" é bastante interessante.

Chamei "fenómeno Cristina" à enxurrada de críticas que têm sido feitas a esta mulher sem, nem por um minuto, os "críticos de plantão" pensarem naquilo que talvez se tenha esforçado para chegar onde chegou, naquilo que abdicou e naquilo que provavelmente sofreu para estar onde está.

Se bem me recordo da história pessoal de Cristina ela nasceu na Malveira e o pai era mecânico. No seu primeiro estágio em televisão a sua apreciação de estágio foi "A ter em conta no dia em que houver uma entrada na RTP esta miúda devia estar no topo da lista" e isto muito tempo antes de ser conhecida do público.

Ainda para mais enquanto estudava Comunicação Social e entrava no Mundo da televisão, Cristina Ferreira ganhava a vida como professora e já contava com uma licenciatura em história. 

Se formos totalmente honestos connosco próprios sabemos bem que provavelmente nos teríamos encostado à sombra da bananeira na primeira oportunidade e não avançado com tantos projetos. Afinal continuar a construir é difícil e cansativo...

Mas mesmo sabendo disso temos tendência a menosprezar o sucesso alheio seja porque é demasiado bem pago para fazer tal coisa, seja porque se eu tivesse a vida dela é que era. Porque assim ou porque assado!

Alguém conhece realmente a vida desta mulher para falar tanto? E se ela não ganhasse o dinheiro que ganha isso impactaria assim tanto a nossa vida? A resposta a estas duas questões é apenas uma: Não!

E isto trás-nos a uma outra reflexão sobre uma realidade que conhecemos bem melhor: a nossa e que não difere assim tanto da de Cristina Ferreira. Façamos o que fizermos seremos sempre criticados e teremos sempre muitos "eu não faria assim" para ouvir ou, com um bocadinho mais de sorte, um "se eu tivesse o que tu tens". 

E bem podes esquecer o reconhecimento alheio pelo teu esforço, pelas horas às quais te dedicaste a determinado projeto ou por aquilo em que abdicaste em prol de um objetivo. Se queres reconhecimento terás de contar com o teu antes de mais nada e com duas ou três pessoas que ficarão genuinamente felizes por ti. 

E em relação a isso a única resposta possível é continuares a viver a tua vida e a brilhares cada dia mais! 

Se, pelo contrário, és daqueles que acha que a "Tininha" devia renunciar ao salário ou que se não fosse bonita não se safava relembro-te que quem corre atrás do que quer têm pouco tempo para se preocupar com a vida alheia. Por isso vai à luta e larga as revistas e as redes sociais e sobretudo deixa de te queixar daquilo que tens ou daquilo que não podes ter! 

E mesmo que nunca sejas reconhecido, nunca ganhes milhões por mês e nunca tenhas uma casa com piscina em Cascais saberás que o que tens é mais do que merecido e que deste o melhor de ti mesmo, esforçando-te e reinventando-te a cada dia! Nem todos os sonhos são atingíveis mas de cada vez que se fecha uma porta abre-se uma janela... 

E quando estiveres ocupado a correr atrás da tua vida e os outros te disserem que "tens sorte em ter o que tens" saberás perfeitamente que "os cães passam e a caravana passa", tal como Cristina Ferreira e tantas outras pessoas no Mundo já perceberam. 

E é por todas estas razões que, apesar de não me identificar com o estilo vejo Cristina Ferreira como alguém em quem me posso inspirar. 

Foto: Revista Vidas - Correio da Manhã

Fonte da biografia: Wikipédia 

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Nala

    27.07.20

    O "no matter what" que faz a diferença! :) Beijinhos João!
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.