Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas da Cidade dos Leões

Um blog que adora partilhar dicas e reflexões sobre lifestyle, descobertas e organização. Sejam Bem Vindos!

Crónicas da Cidade dos Leões

Um blog que adora partilhar dicas e reflexões sobre lifestyle, descobertas e organização. Sejam Bem Vindos!

Melancolia de Natal - O Natal de V. de Viver

Post n.º 5 do Calendário do Advento da Nala 2020

Adoro o blog da V de Viver que se chama Coisas que eu (não te) disse. Nada mais apropriado para um blog que fala da vida, das coisas boas e das menos boas e das suas experiências.
 
A V. é daquelas pessoas que leio com prazer e com quem me identifico muito já que, tal como eu própria, ainda anda à procura das suas próprias marcas... 
 
Eu sabia que ela tinha alguma coisa a acrescentar a este Calendário e vocês vão perceber porquê! Por isso, e por tudo aquilo que me ensinas, querida V. agradeço-te do fundo do coração a tua disponibilidade para escrever este texto e desejo-te um Feliz Natal! 
 
 

Natal. O simples facto de pronunciar a palavra já me leva ao passado e me coloca uma sorriso na cara e um aperto de felicidade no coração. Natal é sem dúvida uma palavra mágica. Tráz consigo o cheiro a lenha queimada, o odor de comida, o som dos risos da família, a cor das luzes, das velas e da lareira. Natal foi, e será sempre, sinónimo de família. Sinónimo de mesa recheada, do tilintar dos copos e talheres, do cheiro a filhoses, a arroz doce e bacalhau assado. Sinónimo de amor. De coração cheio quase a saltar do peito. De alegria, de carinho, de ternura. 

Natal é luzes a piscar por todo o lado. É quentinho, é presentes e mais importante que isso, é presença. 

Oxalá não nos tirem o Natal. O ano de 2020 foi, e continua a ser, um ano atípico. Um ano difícil. Um ano que, acredito, nunca mais esqueceremos. O ano em que nos vimos privados da nossa liberdade. Liberdade essa que nos era tão natural, principalmente aos mais jovens. Mas peço ao Universo, com todas as minhas forças, que não nos tirem também o Natal. Não nos tirem a família, a lareira acesa, a mesa farta, os primos, os irmãos, os tios, os avós e os pais. Não nos tirem a casa cheia, os abraços, o carinho, o amor, os risos e os brindes. 

Que possamos todos festejar o Natal. Que possamos, junto dos que mais amamos, relembrar aqueles que nunca esquecemos, aqueles que partiram deixando o Natal, e a nossa vida, mais pobre.

Feliz Natal a todos! 

max-titov-OmCGpbc4968-unsplash.jpgPhoto by Max Titov on Unsplash

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos.

9 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub