Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas da Cidade dos Leões

Um Blog que começou por ser um diário e que cresceu para algo mais. Por aqui os temas vão do desenvolvimento pessoal ao bem estar sempre com dicas e reflexões a propor. Sê bem vindo e se te agrada: segue! :)

Crónicas da Cidade dos Leões

Um Blog que começou por ser um diário e que cresceu para algo mais. Por aqui os temas vão do desenvolvimento pessoal ao bem estar sempre com dicas e reflexões a propor. Sê bem vindo e se te agrada: segue! :)

Sex | 15.05.20

Coisas que temos de parar de fazer JÁ!

5 coisas que todos fazemos mas que nos fazem muito mal!

Nala

Todos nós, sem exceção, temos alguns hábitos enraizados que são extremamente tóxicos e que nos envenenam o espírito sem que nos apercebamos. 

 

Essas coisinhas são, na maioria das vezes banais, mas têm o "poder" de nos deixar sob tensão e irritados. Ainda por cima não nos servem para nada tirando focarmos-nos no que é mau. 

 

Sendo assim, e depois de fazer algum trabalho de observação e auto-análise, deixo-vos as 5 coisas que, no meu ponto de vista, temos de abandonar com urgência!

 

Preparados?

 

- "Policiar" as ações dos outros:

Por vezes focamos-nos demais naquilo que os outros fazem: ou porque não se comportam como deviam, ou porque não têm respeito pelos outros... A verdade é que as ações dos outros não são da nossa responsabilidade direta e, por isso, não as podemos alterar.

Portanto qual a utilidade de passar o dia à janela a verificar quantas vezes o vizinho do lado vai levar o lixo à rua? 

 

- Comparar-se: 

Outra coisa que fazemos quase ininterruptamente é compararmos-nos aos outros e, neste caso específico, as redes sociais são exímias a proporcionar esta atitude.

Para mim existem duas coisas muito importantes a pôr na cabeça para alterar este comportamento: a primeira é convencermos-nos de uma vez por todas de que todos temos pontos altos e baixos na nossa vida (sim, sim... mesmo a amiga que têm sempre fotos maravilhosas nas redes sociais) e o segundo é limitarmos o tempo que passamos nas redes, especialmente quando sabemos que isso nos prejudica. 

 

- Não assumir as nossas responsabilidades: 

Aqui está um assunto bem complexo... Todos temos tendência a procurar responsáveis exteriores para os nossos fracassos: ou há-de ser o professor que não é suficientemente competente, ou a vizinha do lado que não tomou atenção. 

Enquanto continuarmos a negar as nossas responsabilidades, por muito que isso nos doa, estaremos também a negar o nosso livre arbítrio e a condução por inteiro da nossa vida. Por isso, da próxima vez que algo correu mal, utiliza a tua energia para aprender com isso e deixa de distribuir as culpas por todos os outros. Vais sentir-te muito melhor com isso!

 

- Esquecer-se de si próprio: 

Esquecer as nossas próprias vontades e desejos é uma boa forma de nos lançarmos dentro de um abismo. Não digo com isso que, em relações de casal ou de amizade, não seja necessário encontrar um entendimento entre as partes. Mas é preciso que o acordo seja bilateral e que ambas as partes saiam em equilíbrio da história. 

 

- Viver com medo: 

Passar a vida com medo de tudo e de todos é mais uma forma certa de irmos em direção ao fracasso e à insatisfação. Ter medo de uma mudança, de uma situação específica é normal. O que pode não ser normal é não conseguirmos enfrentar os nossos medos e não nos fazermos confiança suficiente para assumir riscos calculados. 

 

E por ai quais são as coisas a deixar de fazer imediatamente? 

 

Sigam também as Crónicas a partir das redes sociais instagram, pinterest e facebook

 

Um grande beijinho e até ao próximo post!

coisas a deixar de fazer já.jpg

Photo by Luis Galvez on Unsplash

 

 

 

 

 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.