Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas da Cidade dos Leões

Um blog que adora partilhar dicas e reflexões sobre lifestyle, descobertas e organização. Sejam Bem Vindos!

Crónicas da Cidade dos Leões

Um blog que adora partilhar dicas e reflexões sobre lifestyle, descobertas e organização. Sejam Bem Vindos!

"As corridas mágicas oferecidas pelo Natal" - O Natal do João

Caixa n.º 5 do Calendário do Advento da Nala

A pedido da Nala, aceitei o desafio de me enquadrar e de enquadrar o meu blogue na quadra natalícia.

A verdade é que para um inveterado como eu, que não para uma nesta altura do ano, é perfeitamente aceitável observar a corrida à luz das festividades.

Antes de passar à verdadeira magia das provas natalícias, tema que me foi devidamente aconselhado pela esposa, gostaria de vos revelar que adoro correr nesta altura do ano.

As localidades despedem-se da normalidade e vestem-se a rigor para quem as quiser galantear. E a verdade é que nem o frio me leva a felicidade e a alegria infantil de ver decorações e luzes por tudo o que é canto e sítio.

Nunca fui uma pessoa muito natalícia, por várias razões, mas isso mudou há três anos quando saía do meu anterior trabalho e ainda ia correr, percorrendo os espaços mais emblemáticos da minha vila, sempre na companhia das luzes natalícias.

Chegava a casa gelado, mas de coração cheio. O espírito muda e aproxima-nos mais do que nos rodeia, dos trabalhos de outros para que haja mais cor nas nossas vidas.

Essa ideia ficou desde então.

No ano passado, ao participar em duas corridas São Silvestre, em Coimbra e na Figueira da Foz, entrei definitivamente para o clube dos apaixonados por corridas natalícias.

O ambiente que se vive nessas provas, muito por culpa das barraquinhas e da disposição das pessoas, é muito afetivo e sente-se uma ternura e uma melancolia (pelo menos para este lamechas convicto) bem diferentes do resto do ano.

Poder fazer aquilo que me realiza em locais cheios de charme, luz e brilho é indescritível.

Tenho na memória a Avenida Sá da Bandeira em Coimbra ou a Ponte e a praça da Figueira.

Nesta última, ficou também a recordação de atravessar a meta com muito público a apoiar e de ainda ter visto a minha mãe no final. 

O resultado não foi o melhor, sobretudo, na da Figueira, mas não minto quando digo que isso em nada interessou, pois o apoio, o convívio e a animação não tiveram qualquer comparação.

Chegar a dezembro com as corridas "à mão" é pensar, por exemplo, que ainda alimento o sonho de fazer essa prova no Porto, com aprox. 10 mil pessoas tão festivas e malucas quanto eu. Porque correr São Silvestre é mostrar afeto e partilhar a alegria natalícia. São aquelas provas que não contam para o calendário de um atleta por serem tão especiais.

Voltando à do Porto para finalizar, digo que fico com borboletas na barriga só de ver as decorações da Avenida dos Aliados ou a mancha humana no dia em causa.

E por fim digo o seguinte: Quem gosta de o fazer, deve correr sempre, mesmo com o frio do natal. Poucas coisas me realizam tanto quanto chegar a casa quase em pedra e receber um mimo, nem que seja na forma de um chá bem quente. O coração fica quente num instante.

Para terminar, agradeço imenso a oportunidade que me foi concedida pela Nala, alguém que tenho em muito boa conta pelos bons conselhos que dá.

Despeço-me desejando um feliz natal a todos.

3CBF169A486D4FE2BA24AC70628EE64F (2).jpg

3D8C8D2AA4BB49DDAC7AC71A1DF17D52 (2).jpg

12BF2BCED6D64E07935A517314381AC7 (2).jpg

Se ainda não conheces o João e o seu blogue: "O que não mata, engorda e transforma-te num maratonista" não deixes de passar por lá. 

O João partilha connosco, quase diariamente, os seus ritmos de treino, as suas conquistas e desafios pessoais e a forma como conquista pouco a pouco os seus objetivos pessoais e desportivos. Um blogue que é uma verdadeira mina de ouro no que toca a desporto e motivação. 

Agradeço do fundo do coração ao João por ter aderido a este meu "Calendário do Advento" e dado assim a conhecer o que, para si, faz parte do Natal. 

Beijinhos e Feliz Natal João e esposa que, apesar de não conhecer tenho um carinho enorme, ou nao fosse o velho ditado de que "por trás de um grande homem há sempre uma grande mulher"! 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub