Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas da Cidade dos Leões

Um blog que adora partilhar dicas e reflexões sobre lifestyle, descobertas e organização. Sejam Bem Vindos!

Crónicas da Cidade dos Leões

Um blog que adora partilhar dicas e reflexões sobre lifestyle, descobertas e organização. Sejam Bem Vindos!

8 (grandes) vantagens de ser baixinha

Há já muitos anos que o meu 1,52m são motivo de riso e de piadas. Quando ninguém me faz a pergunta da praxe do "como está o tempo aí em baixo?", sou eu própria que abro as hostilidades. 

Sinceramente tenho muitos complexos mas a minha altura não é, de facto, um deles. Ou deixou de ser quando percebi que de nada me valia não aceitar isso. 

E é por isso que partilho convosco, especialmente as miúdas pequenas como eu, as 8 enormes vantagens de ser baixinha. Venham daí!

 

Vantagem n.º 1: Temos espaço que chegue

Por muito apertado que seja o espaço entre os assentos do avião ou a cama, isso não nos causa qualquer transtorno!

 

Vantagem n.º2: Ninguém se importa se usamos saltos altos

Seja numa saída com as amigas ou num encontro amoroso podemos estar sempre fantásticas e maravilhosas em cima dos nossos saltos altos, sem que ninguém se sinta "inferiorizado". 

 

Vantagem n.º 3: Uma minissaia fica sempre confortável

O tamanho é o ideal para fazermos o que quisermos sem nos arriscarmos a mostrar "demais". 

 

Vantagem n.º 4: Somos particularmente astuciosas no que toca a pegar coisas muito altas

Nunca nos enrascamos quando queremos pegar em alguma coisa muito acima da nossa cabeça: seja um banco, o móvel da cozinha ou um chapéu de chuva opções e estratégias não nos faltam. 

 

Vantagem n.º 5: Não precisamos de nos baixar para cumprimentar ninguém...

... são os grandes que o fazem!

 

Vantagem n.º 6: Ficamos sempre à frente nas fotos de grupo

 

Vantagem n.º 7: Parecemos sempre mais novas

Bem... depende da nossa real idade também... e de outros fatores. Mas que ajuda, ajuda!

 

Vantagem n.º 8: Não precisamos de fazer muita atenção à cabeça

É quase impossível encontrar um teto que seja mais pequeno do que nós. 

 

E daí desse lado são TeamBaixinho ou TeamAltinho? 

Entretanto vão seguindo as aventuras e desventuras da vossa Nala, que não pode ficar em casa, pelas redes sociais (no Instagram, no Facebook  e no Pinterest).

Imagem: Revista Gauchazh

28 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub