Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas da Cidade dos Leões

As histórias, o dia a dia e as experiências de uma Portuguesa, expatriada em Lyon (França). Porque a nossa casa é onde nos sentimos bem... e onde somos felizes!

7 dicas para lidar com a Procrastinação

Como eu próprio tento combater este problema...

05.09.19 | Nala

Procrastinação?! Quem nunca ouviu falar deste palavrão que está tão em voga e que, sejamos honestos, nos "ataca" a todos de vez em quando. 

Hoje proponho-vos algumas estratégias que nos permitiram combate-la e avançar assim de forma mais eficaz na realização dos meus objetivos

Quando falamos em procrastinação falamos no ato de adiar uma tarefa até ao ponto em que ela não pode ser mais retardada e que resultará forçosamente numa situação de stress e de mau estar e que pode mesmo resultar na incapacidade de cumprir tarefas importantes.

Em casos extremos a procrastinação pode ser um entrave à realização de um projeto pessoal ou à exposição a novas experiências e novos oportunidades pessoais e profissionais. 

Apesar de nenhum de nós ser igual ao outro, e consequentemente nenhum de nós lidar da mesma forma com a procrastinação, aquilo que vos proponho hoje são algumas dicas que eu própria uso para combater esta situação e que desenvolvi numa fase em que estava particularmente "procrastinadora". 

- A primeira dica que vos posso dar é tentarem responder à pergunta: "Porque procrastino nesta atividade específica?".

Perceber o porquê de procrastinar vai fazer-nos perceber porque não avançamos em alguns projetos a que nos propomos: Será que estou demasiado cansada?, será que esta atividade não me motiva ou não consigo compreender a sua importância na minha vida? será que procrastino porque me faltam objetivos concretos? Se conseguirmos esclarecer esta resposta dentro da nossa cabeça será muito mais fácil "lutar" contra a procrastinação. 

- Criar objetivos e definir prazos de concretização: Criar objetivos é importante mas eles têm de ser SMART. E para serem SMART eles têm de ter prazos de realização.

E quanto mais estes prazos de concretização estiverem interiorizados mais rapidamente nos vamos envolver nas atividades necessárias para os realizar. 

- Elimina possíveis distrações: Ter o telemóvel à mão ou estar sujeito a outras distrações enquanto te tentas concentrar é uma péssima ideia.

Estas distrações não vão só facilitar a procrastinação mas também deixarão a tua atenção menos focada, o que diminuirá a tua capacidade de trabalho.

Por isso evita todas as distrações possíveis e imaginárias a que podes estar sujeito quando tentas realizar uma tarefa a que te propões. 

- Começa pela atividade mais difícil: Esta é a forma como funciono melhor, sobretudo quando tenho de realizar tarefas chatas ou pouco motivantes (como limpar a casa por exemplo).

Tento sempre começar o mais cedo possível pelas tarefas que me parecem mais difíceis ou aquelas de que menos gosto. Assim as seguintes parecerão menos complicadas. 

- Marca na tua agenda: Escrever todas as tarefas a cumprir pode ser uma boa forma de evitar a procrastinação e cumprir aquilo a que te propuseste. Se achas que precisas de um impulso extra podes mesmo estabelecer horários para tal. 

- Se te deste conta de que a tua procrastinação é fruto de receio ou de medo de te lançares o melhor conselho que te posso dar é: age! Agir, mesmo que pareça precoce ou pouco prudente, é muitas vezes a grande solução para "desbloquear" a realização de determinada tarefa. 

- E a última dica, que não é de todo menos importante, é não exijas demasiado de ti: Muitas vezes queremos fazer tanta coisa e a um ritmo tão acelerado que acabamos por não conseguir fazer nada. Por isso divide as tuas tarefas em micro-tarefas e acorda-te momentos de descanso e de relaxamento.

Nunca te esqueças que nem os Super-Heróis podem viver a 1000 à hora, 24 horas por dia. 

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos. 

pedro-da-silva-unEmGQqdO7Q-unsplash.jpg

Photo by Pedro da Silva on Unsplash

 

14 comentários

Comentar post