Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas da Cidade dos Leões

Um Blog que começou por ser um diário e que cresceu para algo mais. Por aqui os temas vão do desenvolvimento pessoal ao bem estar sempre com dicas e reflexões a propor. Sê bem vindo e se te agrada: segue! :)

Crónicas da Cidade dos Leões

Um Blog que começou por ser um diário e que cresceu para algo mais. Por aqui os temas vão do desenvolvimento pessoal ao bem estar sempre com dicas e reflexões a propor. Sê bem vindo e se te agrada: segue! :)

Ter | 31.03.20

Biografias, boas lições de desenvolvimento pessoal

Nala

Um dos meus principais hobbies é a leitura. Sou menina para ler mais ou menos 3 livros por mês o que, tendo em conta que leio maioritariamente em francês, é considerável. 

Aprecio vários géneros literários: romances, ensaios históricos, fantasia, livros técnicos e de áreas tão diferenças como psicologia, sociologia, desenvolvimento pessoal, ética e história, entre outros livros aos quais deito a mão. 

Recentemente desenvolvi uma grande paixão por biografias.

Gosto delas porque me motivam, porque me mostram que todas as pessoas cometeram erros ou tiveram maus momentos, que falharam mas que deram a volta à situação e que se levantaram da queda mais determinadas do que nunca. 

Gosto de biografias porque gosto de gente de verdade. De gente que chora, que ri e que não desiste nunca. 

Em todas as biografias aprendi alguma coisa completamente inesperado sobre o seu "personagem principal": Winston Churchill mostrou-se um artista dotado de um sentido de estética maravilhoso e o psicanalista Jung, de quem vos falei num artigo sobre favoritos, um homem que foi tantas vezes vítima da sua própria imprudência mesmo sendo detentor de uma inteligência extraordinária. 

Porque estas histórias são autênticos exemplos de vida, de sucesso, de trabalho duro, de desespero e, na maior parte das vezes, de muito trabalho e dedicação. E essa receita "do sucesso" aprendesse melhor quando é exemplificada... é por isso que uma biografia bem feita, de preferência por pessoas próximas da pessoa retratada ou pela própria, pode ser mais enriquecedora do que qualquer livro de desenvolvimento pessoal. 

E vocês gostam de biografias ou nem por isso? Quais são as pessoas biografadas que mais vos surpreenderam?

moritz-kindler-B3KpvfiGPIQ-unsplash.jpg

Photo by Moritz Kindler on Unsplash

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos.

 

 

 

Sex | 27.03.20

Como manter bons hábitos durante a quarentena!

Nala

O isolamento social entrou na nossa vida e alterou tudo! Somos seres de rotinas e, de um dia para o outro, ficámos sem elas. 

As coisas ainda são mais difíceis para aqueles que não podem estar em teletrabalho mas que estão em casa. É a ansiedade pela nossa saúde e pela dos outros, é a incerteza do futuro, são as interdições e a falta de liberdade de movimentos a que tanto estávamos habituados. 

Por isso trouxe-vos algumas dicas para que se mantenham motivados e ocupados sem passar o dia inteiro a ver notícias! 

'Bora lá?

1) Mantem as rotinas: Nomeadamente a hora de levantar, de deitar, de comer... Se estás em teletrabalho veste-te e comporta-te como se estivesses a trabalhar no escritório.

Manter estes hábitos vai ajudar a manter a produtividade quando, passados os primeiros dias, começamos a sentir a desmotivação a tomar conta de nós. 

2) Cria pequenas listas de tarefas diárias: O tempo que dantes nos faltava agora é todo nosso. Por isso, e tendo em conta que precisamos de nos manter produtivos e ativos, proponho-te que cries listas de tarefas a realizar.

Sabes aquele armário de roupa que está à espera de arrumações há tanto tempo? Chegou o momento! 

3) Apanha ar: Vai à janela apanhar ar e, se tiveres possibilidade de praticar um pouco de desporto em exterior fá-lo (mas de forma responsável, ok?). Manter uma atividade física é fundamental para a nossa saúde física e mental! 

4) Come e bebe bem, sem exageros: Mais do que nunca as frutas e os legumes são fundamentais na nossa alimentação. Evita o consumo exagerado de açucar ou de gorduras. Cuida da tua saúde não só por agora mas para depois. 

5) Escolhe apenas 1 noticiário: Se passarmos o dia inteiro a ver as notícias em repetição vamos perder toda a esperança e a motivação. É importante estar informado mas sem excessos, por favor! 

6) Medita, lê, cultiva-te...: A oportunidade não é das melhores mas pode ser aproveitada para tal. Por isso cultiva-te para te lançares depois deste pequeno break! 

Espero que estas ideias te ajudem a manter a motivação e o otimismo! Não deixes de partilhar connosco todas as vossas outras ideias aqui em baixo pelos comentários e acompanhar as aventuras da Nala, que não pode ficar em casa, pelas redes sociais (no Instagram e no Facebook). Todos os dias há coisas novas por lá! 

Não te esqueças de partilhar também este blogue com os teus familiares e amigos caso aches pertinente!

Até ao próximo post e até lá: Cuidem-se! 

ron-smith-63tBU8et1YY-unsplash.jpg

Photo by Ron Smith on Unsplash

 

 

 

 

Ter | 24.03.20

Não podemos viver sozinhos

E as redes sociais podem mesmo ajudar-nos!

Nala

Numa altura em que a palavra de ordem é isolamento social, damos conta de que não vivemos sozinhos. 

Em primeiro teremos todos aqueles que terão de ir trabalhar: pessoal hospitalar, abastecedores, supermercados... E essas pessoas merecem o nosso cuidado e o nosso respeito.

E depois existe a outra faceta da moeda: Nós somos essencialmente seres sociais. Precisamos de relações próximas e saudáveis com os nossos amigos e família.

E é aí que assenta este post: Como manter a comunicação independentemente de não o pudermos fazer pessoalmente. 

Aqui vos deixo algumas ideias:

- As videoconferências podem ser excelentes formas de comunicar.

Para isso combinem o café ou um copo (se bem que é preciso fazer atenção ao álcool numa altura em que o nosso sistema imunitário tem de estar muito forte) e ponham a conversa em dia, animém-se, riam e limpem a vossa cabeça.

Por muito que vos custe deixem de lado aquelas pessoas que estão sempre a falar do mesmo e que se estão a tornar tóxicas. É que o medo faz-nos irrefletidos e não vale a pena tentar fazer mudar de ideias quem só fala do mesmo. 

- Grupos de partilha pelas redes sociais: criem grupos com os vossos amigos e família para puderem partilhar ideias de coisas a fazer, series a ver, ideias para animar as crianças ou atividades criativas.

Nunca temos tempo para nada mas agora, de repente, ele apareceu. E se aproveitasses para ligar a saber novidades dos  amigos que já não vês há muito tempo?

Jogos online podem ser outra boa forma de passar o tempo, especialmente se o fizermos contra amigos e família. Quem se lembra do fenómeno Farmville e recorda com saudade as horas que passávamos a plantar morangos e a pedir ajuda aos vizinhos.

Seria uma boa ideia para agora não? 

E vocês, quais as vossas estratégias para estarem juntos mas separados? 

Beijinhos e... cuidem-se!

aleksander-vlad-jiVeo0i1EB4-unsplash.jpg

Photo by Aleksander Vlad on Unsplash

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos.

 

Sab | 21.03.20

Dias difíceis fazem pessoas melhores!

Nala

Situações especiais pedem convidados especiais. E hoje o blogue é dele, que nos fala deste tempo conturbado em que vivemos! Obrigado meu amor!

Agora que os dias se passam fechados em casa, há que descobrir o que se aprende com uma situação nova.

A rotina há um mês atrás era diferente, como diferente era a maneira como olhávamos para a vida… ah e tal, o tempo quente aproxima-se, já começávamos a tirar a roupa fresca cá para fora e a pensar a qual esplanada iríamos tomar o nosso café… agora… bem, agora, parece que para os solitários fazer pirâmides com rolos de papel higiénico é uma hipótese… mas para quem vive a dois?

Líamos à dias que a taxa de divórcio aumentou na china, stress do confinamento oblige… e de facto aqui, a olhar à volta, uma dúzia de livros na prateleira, 3 jogos de tabuleiro, internet e uma televisão que se liga em dias de festa, e os olhos do outro… a indagar… a indagar… o dia tem quantos minutos afinal?

Regressávamos de Portugal de avião, viagem tensa… ‘bora fazer uma lista, e que tal jogar ao jogo do stop? Qual? Àquele que toda a gente conhece, recitas o abecedário baixinho, à palavra stop paras e dizes a letra em que estavas e com essa letra dirás palavras em diferentes categorias. Certo e sabido que a mulher de letras é a Nala e que me ganha sempre de abada, mas pronto, não há como eu para na palavra “D” e a falar de animais me lembrar de dingo, dálmata, dinossauro e dormiga (não conhecem? É o parente sassamelo da formiga)

Casa… desliga a televisão, na internet à 4ª série já é demais, há os 3 jogos de tabuleiro a que podemos tirar o pó. No monopólio ganho eu se os dados ajudarem… o problema é quem fica com o banco, estamos juntos à 4 anos e as negociações mais difíceis são as trocas entre a rua Augusta e uma das estações de caminhos de ferro (sim, porque segredo, segredo, a panca da Nala é entrar no negócio da ferrovia, não há jogadora mais contente em comprar as estações no monopólio).

Em alternativa temos o trivial pursuit… versão 97… se acham que a versão normal é difícil, tentem responder às perguntas de cultura do tempo em que ainda estavam a construir a expo :D

E lá desembocamos aqui… lá me sento eu à frente do pc, a escrever textos como convidado… muito me honra, mas a blogger cá de casa é ela ☺

tranquilo, dias de sol virão, até lá a imaginação vai livre, os textos fluídos, e ainda terminaremos o dia a apanhar sol, a beber refresco e a dizer-vos força, em todos os lares paciência, quer seja a 1 ou a 2, dias difíceis fazem pessoas melhores!

charles-deluvio-NbjjcaoymIo-unsplash.jpg

Photo by Charles Deluvio on Unsplash

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos.

 

 

 

Qui | 19.03.20

Dia do Pai

Nala

Pai, aquela pessoinha que é capaz de nos tirar do sério, de nos dar um raspanete e de nos fazer rir em apenas alguns minutos. 

Um excelente Dia do Pai a todos os Pais (ou futuros pais) que seguem assiduamente este blogue e um beijinho especial ao meu Pai, que é um dos seus leitores mais assíduos!

nick-wilkes-6HrRvNnaz-A-unsplash.jpg

Photo by Nick Wilkes on Unsplash

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos.

 

Qua | 18.03.20

E se fizesses o presente para o Dia do Pai?

Nala

Por esta altura a maioria das escolas já teria pronta a prendinha para o Dia do Pai. Visto que o nosso Mundo se alterou completamente em menos de uns dias e que, apesar de tudo, o Pai merece um presentinho deixo-vos algumas ideias a fazer com os vossos pequeninos. 

O Pai vai gostar e os pequenos também (e estaram ocupados, o que é muito bom!)

- Fazer um Bolo: Esta é a ideia mais simples de todas e pode ser feita por crianças em quase todas as idades, mesmo que precisem de um bocadinho de ajuda. 

Há lá melhor presente para um papá guloso?

- Vouchers: Podemos criar vouchers com os miudos para que eles os possam oferecer aos pais e que eles os usem quando quiserem. Das várias possibilidades que temos: "fazer um favor ao pai", "preparar o café do pai", "Ver um filme com o pai". Pelas circunstâncias atuais vamos evitar os beijinhos aos pais... 

- Trabalhos Manuais: Trabalhos manuais são sempre uma ótima ideia de presente. Por isso toca a dar largas à imaginação e a aproveitar tudo o que há por aí por casa. 

- Conto ao Pai: Assim como há crianças que são boas em desenho, há crianças que são boas com letras. Se esse é o caso do vosso filho porque não ajudá-lo a criar uma história onde o pai seja o super-herói? Todos vão adorar! 

Espero que estas ideias vos possam ser úteis e que vos seja possível passar um dia divertido em família! Não deixes de compartilhar connosco todas as vossas sugestões!

annie-spratt-rR59irzeUl0-unsplash.jpg

Photo by Annie Spratt on Unsplash

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos.

 

Ter | 17.03.20

Um brinde às pessoas assim...

Nala

Um brinde às pessoas optimistas, que enfrentam a vida de frente; 

Que não apontam problemas, mas que arregaçam as mangas para os resolver...

Pessoas que se queixam mas que fazem, que guiam os outros; 

Um brinde às pessoas que são luz, que nos acalmam o espírito

A quem nunca falta a palavra certa para dizer na melhor altura. 

E nos mostram que a vida não se resume a sofrer de problemas... 

Mas a desatar-lhe os nós e a seguir em frente. 

Nem sempre com um sorriso no rosto, mas com muita certeza no olhar. 

Um brinde às pessoas que nos inspiram e que elas entrem definitivamente na nossa vida!

zan-WrueFKpTlQs-unsplash.jpg

Photo by Zan on Unsplash

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos.

Seg | 16.03.20

Positivismo e Esperança

Nala

Quando criei o "Crónicas" fi-lo porque precisava de deixar entrar a luz e o positivismo na minha vida. Ele deu-me isso. 

Hoje está na altura de retribuir o que todos vocês que estão aí desse lado me têm dado .

O "Crónicas" não pode salvar o Mundo do Coronavirus mas vai tentar transmitir aos seus leitores, dentro das medidas do possível, palavras de otimismo e de esperança, de ideias de coisas a fazer, de reflexões e de piadas idiotas... 

A sua programação que se manterá por enquanto a dois posts por semana, com alguns possíveis posts pequenos para aqui e para acolá, será adaptada de forma a mantermos a cabeça limpa. Todos os posts sobre objetivos a longo prazo, projetos ficaram em stand-by porque agora o que importa é o momento presente e viver um dia de cada vez até quando Deus quiser. 

O vírus preocupa-me... e provavelmente não vou puder ficar em casa de quarentena porque os hospitais são precisos. Mas a informação ininterrupta, que apesar de necessária pode ser extremamente anxiogénica (gente eu entrei em pânico depois de ouvir uma hora a transmissão da CMTV que nos dá a ideia de que vamos todos perder um braço, ou dois, com isto) e não precisamos de ouvir falar de covid 19 em todo o lado senão vamos ficar todos doentes da cabeça! 

Mas acho que mais do que nunca devemos tentar manter a nossa cabeça limpa, tratarmos de nós! Senão será o stress e a ansiedade da situação que nos consumirá. 

Por isso falaremos de outras coisas: ideias de coisas a ler, a fazer em casa, de hygge, de utilizar as redes sociais de forma boa... 

É este o challenge a que me proponho, a minha contribuição nesta fase que se avizinha um bocadinho demorada e difícil.

Espero que ela vos seja útil! 

neonbrand-5VcSuWePr8Q-unsplash.jpgPhoto by NeONBRAND on Unsplash

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos.

 

 

Ter | 10.03.20

Cansaço não é procrastinação

Nala

Procrastinação é a palavra do momento: todos querem "não procrastinar" e ser o mais produtivos possível. E é quase visto como um crime passar um dia no sofá da sala sem fazer nada, a ler ou a ver uma série ou um filme. 

Para desfazer este mito, em que eu própria já cai, decidi trazer-vos hoje este tema em conjunto com uma grande reflexão. 

Por procrastinação entende-se o adiamento de uma ação e pode resultar em stress, sentimento de culpa ou não cumprimento das ações necessárias. A procrastinação pode ser perigosa se ela impedir que prossiga a sua vida normalmente. 

Ora, se decidirmos ficar um fim de semana no sofá sem fazer nada isso não trará nenhum mal ao Mundo. 

O nosso dia a dia é carregado de stress, de estímulos, de objetivos a serem cumpridos... passamos a vida em aceleração total e tentamos manter-nos em todas as frentes. Queremos a todo o custo ser profissionais de excelência, pais maravilhosos, companheiros incríveis, filhos adoráveis, desportistas, com uma vida social e associativa perfeita... mas esquecemo-nos de que o nosso tempo e recursos são limitados e que já somos enormes por conseguir levar em frente tantos barcos, sem abandonar nenhum. 

Por isso custa-me quando ouço alguém lamentar-se de que passou o dia no sofá, que procrastinou e que num Sábado de descanso não cumpriu tudo aquilo a que se propôs. 

Isso não é procrastinação amigos, é cansaço! E às vezes temos de nos ouvir e tomar conta de nós mesmos se quisermos manter o ritmo frenético dos nossos dias cheios. 

Sinceramente não passar a ferro ou não fazer a corrida matutina do Sábado de manhã não será um problema assim tão grande. É verdade que temos de ser consistêntes e persistentes nos nossos objetivos mas também precisamos de recarregar baterias de vez em quando. 

Por isso, se queres um conselho de alguém que já se culpou por procrastinar demais, lembra-te que só te podes manter ao mesmo ritmo se deres ao teu corpo e à tua cabeça tempo de repouso e de "escape" e que, se num Domingo ao longo de todo o mês, não cumprires uma boa dezena de tarefas não estarás a procrastinar mas provavelmente a dar a ti mesmo o tempo de recuperação de que precisas. 

kira-auf-der-heide-swEpE37HfRc-unsplash.jpgPhoto by Kira auf der Heide on Unsplash

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos.

Dom | 08.03.20

10 dicas para ser uma Super Mulher

Post especial "Dia da Mulher"

Nala

Em primeiro lugar gostaria de deixar uma palavra de apreço a todos os homens que lêem este espaço. Estas dicas podem ser utilizadas também por vocês de forma pessoal ou como um pequeno "lembrete" para motivarem as mulheres da vossa vida a seguirem algumas delas. 

As dicas que aqui deixo são do mais básico que há, do mais falado que existe, mas como tenho uma certa tendência a esquecer-me delas, e deduzo que não seja a única, aproveito este dia para uma lembrança rápida. 

Ser uma super mulher não significa ser perfeita mas sim que somos maravilhosas aos nossos olhos, que gostamos de nós por dentro e por fora e que nos aceitamos e amamos como somos. E há lá alguma coisa que bata uma mulher cheia de auto-estima?

Dica n.º1: Cuida de Ti

Cuidar de nós, a primeira de todos os conselhos que nos dão. A verdade é que "por falta de tempo" tornou-se a desculpa n.º 1 para não o levarmos a cabo. 

Não sei como está a tua vida mas a verdade é que não podes tomar conta de todos os que te rodeiam sem tomares conta de ti primeiro. Por isso arranja tempo para fazeres uma atividade desportiva ou criativa que gostes, nem que seja uma hora por semana. Reserva-te 15 minutos todos os dias para te maquilhares, fazeres uma máscara, meditares ou estares simplesmente em silêncio. 

Concordo que pode não parecer fácil, mas diz-te que é um investimento a longo prazo para teu benefício e para benefício daqueles que amas! 

Dica 2- És uma mulher, não uma vitima: 

Muito se fala dos direitos das mulheres. Ouvimos em todo o lado dizer que somos mais mal pagas, mais menosprezadas e mais não sei o quê. Se é verdade ou não, não é esse o objetivo deste post. Aquilo para que vos quero alertar é que quanto mais nos tratarmos como vitimas mais seremos efetivamente vitimas. 

Por isso esforça-te, vai à luta, faz o que quiseres mas veste a pele da Mulher de Armas e não daquela que se está sempre a queixar mas que não faz nada para provar que merece mais e melhor! 

Dica 3- Perdoa-te

Temos tendência a querer fazer tudo e a verdade é que, por vezes, nos enganamos e fazemos asneiras. 

Proponho-te que aprendas a perdoar-te. Perdoa-te se gritaste com o teu filho, se respondeste mal ao teu namorado ou se te esqueceste dos anos do teu pai. Perdoa-te e pede-lhes desculpa: eles vão compreender e tu poderás continuar em frente, sem ressentimentos. 

Dica 4- Conversa com outras mulheres

Nós mulheres temos muita necessidade de conversar, de desabafar e de nos sentirmos apoiadas nas nossas dúvidas, escolhas e decisões. O que te aconselho é que fales com as tuas amigas e que te rodeies daquelas que mais te inspiram. 

Quanto às outras cujo tema principal seja boatos ou que só sabem falar e não ouvir deixa-as de lado!

Dica 5- Não te compares com ninguém excepto, talvez, contigo própria!

A X até pode parecer a mãe perfeita, que está sempre impecável e que é super bem sucedida na carreira mas não te esqueças que todas nós temos problemas: por isso não te compares a ela! Se sentires necessidade de te comparar a alguém compara-te a ti mesmo e em como cresces a cada novo dia da tua vida. 

Dica 6- Escolhe fontes de inspiração

Tirei esta técnica do livro "A tua segunda vida começa quando perceberes que não terás outra" da escritora Raphaelle Giordano e já falei dela num post aqui no blogue. A ideia é que cries uma pasta onde juntes as mulheres que te sirvam de inspiração nas mais diversas áreas.

Pessoalmente sinto-me inspirada por algumas mulheres seja pela maneira de vestir, de estar, pelas causas que defendem como é o caso da Duquesa de Cambridge pela elegância ou de Oprah Winfrey pela forma como lidou com todas as dificuldades e chegou onde chegou. 

Dica 7- Aprende a dizer que não

Uma das coisas que mais nos provocam stress e nos fazem sofrer é a incapacidade, ou o mal estar que sentimos, quando temos que dizer não. A verdade é que ao dizermos não a alguma coisa que não nos diz nada estamos a criar a possibilidade de dizer sim a algo que nos vai enriquecer. 

Dica 8- Recompensa-te

A nossa vida nem sempre é super animada e precisamos de, por vezes, levar a cabo tarefas das quais não gostamos assim tanto. O que te proponho é que te recompenses.

Não precisas de te oferecer presentes caros, mas um banho mais demorado ou um batom que já andas a namorar à já alguns dias podem ser ótimas formas de te sentires ainda mais realizada. 

Dica 9- Sorri

A melhor arma que temos é muitas vezes o sorriso. Por isso não deixes de sorrir por muito difícil que isso possa parecer! 

Dica 10- Lembra-te que és uma Super Mulher

E que a única coisa que interessa é que os teus olhos te mostrem isso mesmo. Por isso esquece as criticas, as convenções sociais ou as expectativas exteriores e sê tu mesma. Toda a gente ganhará com isso! 

E vocês gostaram destas dicas? Têm outras para acrescentar? 

Um Excelente Dia da Mulher e um Excelente Domingo para todos!

ian-dooley-k8OCHhEymME-unsplash.jpg

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos.

 

 

Pág. 1/2