Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas da Cidade dos Leões

As histórias, o dia a dia e as experiências de uma Portuguesa, expatriada em Lyon (França). Porque a nossa casa é onde nos sentimos bem... e onde somos felizes!

O Melhor do Mês #Outubro

31.10.19 | Nala

Este mês, que trouxe com ele o Outono, não foi propriamente rico em belas descobertas mas sim em belas recordações e recomendações. E é a isso que dedico este melhor do mês!

Vamos a isso?

- Em primeiro lugar gostaria de falar do Outubro Rosa e da Prevenção do Cancro da Mama. Que não nos esqueçamos que os rastreios são realisáveis todos os meses e que para todas as mulheres, incluíndo as mais jovens, a palpação é essencial. Pede mais conselhos ao teu médico ou segue diretamente para o site da Liga Portuguesa Contra o Cancro para saberes que medidas de prevenção tomar.

- Apesar de não ser própriamente um melhor do mês, foi uma história que me marcou muito ao longo do mês e da qual vos queria falar: O Tomás é um menino de 5 anos que têm um cancro na perna e que corre risco de amputação. A irmã teve a mesma doença mas pode ser tratada em Espanha, o que custou uma fortuna à família. Os pais do Tomás foram à televisão pedir ajuda e as pessoas têm sido formidáveis, especialmente nos concelhos de Salvaterra de Magos (de onde esta criança é natural) e dos concelhos vizinhos de Cartaxo, Benavente, Almeirim, entre outros. 

Se mora por perto não deixe de passar por um dos muitos eventos que serão organizados a favor do Tomás (e que vão desde eventos desportivos a festas, rifas e por aí fora). Caso não viva tão perto e queira ajudar deixo o site de facebook do Tomás onde pode encontrar leilões, número de conta bancária, etc. Hoje pelo Tomás, amanhã por outra criança que precise. 

- Os dias de chuva trouxeram-me a vontade de rever uma das minhas séries preferidas de todos os tempos: "Downton Abbey". Se, tal como eu, gostam de histórias de época e dos amores e desamores de uma família aristocrática britânica, passando pelo durante e pós 1ª guerra mundial, esta série é para vocês. 

- Por último não podia deixar de vos falar de uns saquinhos de tecido que usamos para as nossas compras de frutas e legumes. Comprámo-los via amazon.fr e custaram-nos 12 euros. Passado um ano continuam intactos. Caso tambem aches um desperdicio trazer sacos de plástico do supermercado e do mercado podes ter aqui uma boa sugestão. 

Claro que podem encontrar provavelmente este género de sacos em lojas físicas perto de vocês. De qualquer forma aconselho-vos este material que é prático, lavável e que pode ser guardado no frigorífico sem danificar as frutas e legumes que contêm no seu interior. 

E este Melhor do Mês, um bocadinho atípico, chegou ao fim. E para vocês quais foram as descobertas que mais marcaram o vosso mês de Outubro?

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos.

 

 

 

 

O Mundo dá voltas...

... e nós só temos de confiar!

29.10.19 | Nala

Já perdi a conta à quantidade de vezes em que, ao longo da minha vida, disse não a qualquer coisa e quando dei por mim era esse o caminho que tinha tomado sem mesmo dar por isso. 

Nem sempre aquilo que nos faz bem nos parece a melhor hipótese assim à primeira vista. Muitas vezes a vida é obrigada a dar-nos um empurrãozinho e a tirar-nos o chão debaixo dos pés para nos pôr no caminho que nos está destinado. 

Todos temos aqueles dias muito maus e negros, dos quais temos a impressão que dificilmente sairemos bem... mas tudo não passa de uma fase. A vida dá muitas voltas e têm uma certa tendência a colocar-nos exatamente onde devemos estar seja para aprender ou aproveitar. 

Por isso, quando estiveres triste e achares que nada faz sentido fecha os olhos, respira fundo e confia. Confia e age... Faz a primeira coisa que te vier à cabeça e que seja justa aos teus olhos. 

E prepara-te porque daí surgiram aprendizagens importantes que te guiarão até ao teu lugar no Mundo! O segredo esse é confiar nas muitas voltas que o Mundo pode dar! 

emma-frances-logan-nD3AcuizeF8-unsplash.jpg

Photo by Emma Frances Logan on Unsplash

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos.

 

 

Coincidência ou sinal divíno?

Quando a vida te prega partidas...

26.10.19 | Nala

Recentemente fomos jantar com um casal de amigos. São daqueles amigos que, apesar das diferenças, se tornaram quase família. Daquela família verdadeira, que basta um telefonema ou uma mensagem para aparecerem imediatamente. 

Entre conversas cruzadas e partilha de projetos falámos muito de sonhos para o futuro... Saímos de lá de coração cheio, como acontece quando te sentes apreciado, e com a nossa capacidade de sonhar muito mais apurada. Quase com vontade de nos lançarmos nessa coisa de realizar sonhos! 

Durante o regresso a casa assistimos a duas ou três situações que pareciam sinais dos céus... como se a vida nos quisesse dizer para colocarmos esse sonho num papel e fazermos dele um objetivo. Que faz sentido! 

Se foi coincidência ou sinal não sei... mas que nos deixou pensativos lá isso deixou... às vezes a vida prega-nos destas partidas! 

greg-rakozy-oMpAz-DN-9I-unsplash.jpgPhoto by Greg Rakozy on Unsplash

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos.

 

 

Ideias para Festejar o Halloween

Low Cost e bem tranquilo

24.10.19 | Nala

Aproveito todas as ocasiões para comemorar. Acho que a vida deve ser vivida assim: em festa! 

No entanto nem sempre tenho paciência para ir para o meio da multidão... ainda para mais porque este tipo de noites têm o seu custo (muitas vezes demasiado elevado para o que é). 

A opção natural é ficar em casa, até porque as noites já começam a ficar frias, e convidar amigos ou familiares para se juntarem a nós pode ser uma boa opção, garantindo assim um serão especial para todos. Senão te apetecer podes sempre aproveitar a ocasião para uma comemoração a dois... 

Deixo-vos aqui algumas ideias para que este Halloween seja isso mesmo: tranquilo e low cost. Venham daí! 

  • Decorar a casa: Uns dias antes do Halloween temos o hábito de enfeitar a casa. Temos alguns objetos de decoração que fomos acumulando ao longo do tempo e que vamos guardando de uns anos para os outros mas se és fã de DIY não deixes de criar as tuas próprias decorações de Halloween
  • Prepara os doces: No meu prédio são muitas as crianças que vêm bater à porta em busca do "Doçura ou Travessura" por isso tenho sempre um cestinho com doces. Estes miúdos trazem-me tão boas recordações... 
  • Prepara uma refeição alusiva ao tema: podes fazer uma refeição ao género finger food ou uma coisa mais elaborada. A ideia é que uses produtos de estação como abóbora, nozes e por aí fora... 
  • Define os divertimentos da noite: Jogos de sociedade, filmes de terror ou simplesmente contar histórias fastasmagóricas podem ser excelentes divertimentos para essa noite ser ainda mais divertida.
  • Diverte-te: Não te esqueças de que nada é perfeito e que podes sempre pedir colaboração aos teus amigos caso decidas convidá-los a vir a tua casa. A ideia é que a noite seja divertida e relaxante e não vista como um castigo para os donos de casa. 

Espero que estas ideias vos sejam úteis e que, se ainda não tinham pensado nisso, que se despachem a convidar amigos e família a festejar o Halloween convosco. 

Fico à espera dos vossos comentários. Adorava conhecer os vossos planos para a próxima Noite das Bruxas. 

DSC_1061.JPG

Foto nossa: Halloween 2018

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos.

 

 

Precisamos de mais "ouvintes"

E tu, já escolheste o que queres ser?

22.10.19 | Nala

Uma das coisas que mais me assusta, especialmente quando estou numa conversa de grupo, é a quantidade de pessoas que não sabem ouvir o outro, o que ele têm a dizer, as suas opiniões...

Estamos numa época em que comentamos tudo e mais alguma coisa, bradamos aos céus pela coisa mais sem importância do Mundo e maldizemos a nossa vida e todos aqueles que nos rodeiam... Somos quase insensíveis a quem está ao nosso lado e, se calhar numa situação bem mais precária do que a nossa. 

Quando finalmente nos decidimos a escutá-lo, desatamos num discurso veemente que têm, na maioria das vezes, uma única função: ouvirmo-nos a nós próprios. 

Perdemos, pouco a pouco, a capacidade de escuta, de empatia, de compaixão. A nossa vida é demasiado rápida e plástica para isso. Somos comandados pelo julgamento fácil e pelas primeiras impressões. 

Não procuramos interagir, não tentamos compreender a posição do outro. 

Felizmente ainda existem algumas boas almas neste mundo: gente que sabe escutar, que é empática e que terá sempre uma palavra bondosa a dirigir-te. E sabe tão bem uma palavra amiga no momento certo! 

Uma coisa é certa, precisamos de bons ouvintes e de gente atenta aos outros e ao Mundo que o rodeia.

E tu, já escolheste o que é que queres ser?

mimi-thian-lp1AKIUV3yo-unsplash.jpg

Photo by Mimi Thian on Unsplash

Todos os dias uma nova frase ou citação no nosso Facebook: Adiciona!

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos.

 

 

Preparar uma Boa Noite de Sono

Os meus rituais para dormir bem e conseguir recuperar energias

19.10.19 | Nala

São muitas as pessoas que têm dificuldades em adormecer ou a recuperar convenientemente energias durante o sono. 

As razões para isso são muitas e justificadas com vidas demasiado agitadas e conectadas, exposição a forte luminosidade ou à luz azul dos ecrãs, falta de rotinas e ansiedade. 

O que vos trago hoje são uma série de rotinas e rituais que coloco em prática e que me ajudam a relaxar e a dormir melhor. 

Espero que este post vos ajude, se for caso disso. 

- Fazer uma refeição ligeira e não muito tarde: Comer cedo e de forma equilibrada pode ser uma excelente forma de preparar o sono, pois o organismo terá tempo de fazer convenientemente a digestão; 

- Anotar todas as preocupações e todas as tarefas a realizar no dia seguinte: assim descarregarás a mente e ficarás descansada pois sabes que não te esquecerás de nada; 

- Beber uma infusão calmante: Esta dica é para ser usada com bom senso. Se por um lado o chá te vai ajudar a entrar num ambiente relaxante por outro se fores do género a levantar-te durante a noite para ir à casa de banho o melhor é não o fazeres... 

- Cria um ambiente cocooning: depois do jantar baixa progressivamente a luminosidade da casa, podes acender velas que vão criar um ambiente propicio ao relaxamento e, dentro da medida dos possíveis, faz atividades tranquilizantes (como ler, ver uma série calma ou meditar);

- Adapta a temperatura: adapta o teu pijama e a roupa da cama à temperatura do quarto. Se estiveres demasiado quente ou com demasiado frio o teu sono vai necessariamente sair perturbado; 

- Cria uma "rotina de sono": Tenta deitar-te e levantar-te sempre à mesma hora. A criação deste hábito levar-te-à a não ter dificuldades em aceitar que é hora de ir para a cama; 

- Evita o uso de ecrãs e desliga a internet: Se a internet é uma das principais razões pelas quais te deitas tarde podes bloquear determinados sites a partir de uma certa hora ou simplesmente desligar o router. Assim a tentação será "anulada" e não terás essa desculpa. 

- Agradece o dia e medita: Agradecer o dia e ficar algum tempo a meditar ou, pura e simplesmente em silêncio, pode ser uma excelente forma de baixares os teus níveis de ansiedade e dormires melhor; 

Todos estes passos fazem parte da minha rotina da noite, não necessariamente por esta ordem, e são pequenas coisas que eu ponho em prática com o objetivo de dormir melhor e estar assim mais preparada para enfrentar todas as tarefas que me propus para o dia a seguir. 

Ressalvo no entanto que este post é puramente empírico e estes pequenos rituais podem ser utilizados por qualquer pessoa mas que não substituem os conselhos médicos em casos de problemas de sono crónicos. 

Não deixem de comentar e de me dizer o que vocês fazem para ter uma boa noite ou se, pelo contrário, têm problemas de sono. 

vladislav-muslakov-CwIU33KGToc-unsplash.jpg

Photo by Vladislav Muslakov on Unsplash

Todos os dias uma nova frase ou citação no nosso Facebook: Adiciona!

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos.

 

 

Follow Friday # Diário de uma dESarrumada!

18.10.19 | Nala

Para este Follow Friday sugiro-vos um dos blogs que mais me faz rir (e às vezes quase chorar). Ela dispensa apresentações com os seus diários marotos, os seus desabafos e a sua desarrumação crónica. 

Falo-vos claro está da minha querida dESarrumada por quem nutro um carinho tão grande. 

Sei que ela têm um dos blogs mais conhecidos deste espaço mas, se por acaso ele vos passou ao lado, não deixem de a visitar! 

 

A "obrigação" de Ser Feliz

Ou como a "ditadura da felicidade" nos está a deprimir...

17.10.19 | Nala

Este post estava guardado na minha cabeça há já algum tempo e, confesso, ponderei bastante antes de o escrever. Quem finalmente me deu motivação para me lançar nesta reflexão foi o Gonçalo e este seu post

O Gonçalo fala-nos desta espécie de necessidade suprema de "sucesso" que vivemos. Onde toda a gente apresenta a "receita mágica" para o atingir. O problema é que aparecem todos os dias centenas de "receitas" diferentes e nós ficamos completamente perdidos com tantas ideias.

Pegando neste tema, e para não repetir o assunto, decidi falar-vos de uma outra espécie de ditadura das redes sociais, dos livros que enchem as montras das livrarias e a que estamos expostos por parte dos influencers: A Felicidade. 

Quantos posts, vídeos ou livros vos passam por debaixo dos olhos e que vos prometem a "receita" para a felicidade, como se esta fosse apenas dependente de nós e como se fosse possível ser feliz 365 dias por ano?! Eu já vi tantos e já li tantos que não conseguiria enumerá-los. 

Apresentam-nos imensas ideias: "sê minimalista e serás feliz", "faz meditação e serás feliz" e por aí fora... até que, em determinada altura, nos sentimos completamente perdidos com tanta informação e, muitas vezes tão contraditória. Afinal o que raio é que nos faz mesmo felizes?!

Não quero dizer com isto que não existam métodos que nos ajudem a ter uma vida mais pacífica, mais calma, com menos altos e baixos, mais completa e consequentemente mais feliz. Aliás, se o fizesse estaria a contradizer o que eu própria escrevo neste blog. No entanto não posso deixar de me interrogar sobre a forma como esta busca incessante pela felicidade nos faz recusar o seu oposto: a tristeza. 

Tudo na natureza é equilíbrio: yin e yang como o definem as culturas orientais ou positivo e negativo como o apresenta a ciência. Será que é inteligente da nossa parte desprezar com tanta força a tristeza quando ela faz parte integrante da nossa vida?

O que pretendo salientar com este discurso todo é que não há ninguém que seja feliz todo o dia, todos os dias.

Somos confrontados na nossa vida com momentos de perda, de cansaço, de fracasso e de deceção.

Vemos partir entes queridos, acompanhamos doenças em pessoas próximas, perdemos o emprego, rompe-mos com amigos ou com parceiros amorosos... e não é possível sentirmos-nos felizes perante tais provações. A não ser que não estejamos nada conectados ao Mundo real.  

A única solução é mesmo o tempo, umas boas crises de choro, fechar-se em casa ou esconder a cabeça debaixo do cobertor até aceitar que esse acontecimento teve lugar. E só a aceitação nos poderá aliviar a tristeza.  

Todos temos "dias negros" e é isso que nos permite apreciar os dias bons, aqueles em que os nossos olhos brilham. 

Por isso não procurem a "receita mágica" da felicidade, ou do sucesso e da produtividade. Ela não existe e procurá-la de forma incessante só nos trará frustração e desespero. Aceita "os dias de chuva" porque eles são necessários, ou pelo menos inevitáveis. 

Não corras de livro em livro, nem de blog em blog. Aprende a compreender-te e a escutar-te. E só nessa altura poderás escolher, entre tudo o que te é proposto, o que te faz bem ou não. 

Porque é inevitável ter dias e fases da vida más, é inevitável ser-se infeliz uma vez por outra. Mas só por isso saberemos apreciar as coisas boas que esta vida têm para nos oferecer. E não há mal nenhum nisso...

anthony-tran-i-ePv9Dxg7U-unsplash.jpg

Photo by Anthony Tran on Unsplash

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos.

 

 

 

 

 

Lar Doce Lar

15.10.19 | Nala

Se há algo que me enche o coração, especialmente nesta fase do ano em que os dias se tornam mais pequenos e o frio começa a chegar, é a sensação de estar em casa. 

A nossa casa é, ou pelo menos deveria ser, o nosso "Porto de Abrigo". Aquele sítio especial onde podemos recuperar energias, sermos nós próprios e estarmos com aqueles que amamos. Seja família ou amigos.

Já há alguns anos que conheço o princípio do hygge, que é uma filosofia de vida dinamarquesa e que consiste em aproveitar as coisas mais simples da vida. Existem várias filosofias semelhantes nos países nórdicos como por exemplo o também famoso Lagon suéco. 

Se o hygge pode ser aplicado em todas as alturas do ano e praticado tanto no interior como no exterior a verdade é que combina de uma forma quase mágica com os dias frios que estão a chegar.

Quando mudámos de casa tentamos criar uma decoração e organizar o espaço que corresponde-se às nossas necessidades e na qual nos sentissemos bem. Sem demasiadas coisas mas sobretudo com coisas que tivessem significado. 

Podemos adaptar a luz da sala de estar para ficarmos num ambiente mais cosy quando queremos repousar e temos mesmo uma guirlanda de luzes que dá um toque ainda mais caloroso à decoraçao.

Cá em casa no Outono e Inverno existem sempre mantas fofinhas à mão, afinal há lá coisa melhor do que, numa tarde chuvosa, se enroscar no sofá e ver um filme ou ler um bom livro? 

Outra coisa que nunca nos falta são bebidas quentes disponíveis nos armários: cafés, chás... De vez em quando fazemos bolos caseiros que nos enchem a casa com aqueles aromas reconfortantes de canela, de noz e de maçã, tão típicas desta época e que nos trazem tão boas recordações de infância. 

As velas perfumadas são outra das nossas manias de Outono/Inverno e dão-nos uma sensação de conforto e de paz. Pessoalmente prefiro aromas naturais e suaves como baunilha, maçã e canela e pain d'épices.

E são todas estas pequenas coisas nos permitem sentir o conforto de casa e a apreciar estes dias frios e a ter prazer em chegar a casa. 

Para formar um lar são também precisas outras coisas e que implicam ainda mais investimento humano: A organização da casa, o diálogo e o bom ambiente entre os ocupantes, a capacidade de desacelerar e de se desconectar.

Ser um bom ouvinte e ser compreensivo para com aqueles que vivem conosco ou estar em paz consigo mesmo quando se vive sozinho são fundamentais para fazer de uma casa um lar. 

E há lá coisa melhor do que apreciar aquele espaço que é nosso e que nos corresponde? 

stella-rose-nYFQhSq7Zjw-unsplash.jpg

Photo by Stella Rose on Unsplash

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos.

 

10 Coisas sobre Mim

A minha forma de comemorar os 100 posts do blog!

13.10.19 | Nala

Em menos de 6 meses cheguei aos 100 posts neste blogue.

E, como forma de vos agradecer o apoio e a leitura (muito assídua, em alguns casos) resolvi fazer um post em que falo um bocadinho mais sobre mim para que me conheçam melhor, mesmo com o "anonimato" que eu escolhi e tanto prezo: Vou contar-vos 10 coisas sobre mim.

Espero que gostem, que comentem e que partilhem este blog com as pessoas de quem gostam. Afinal depois dos 100 posts o objetivo será os 100 subscritores! 

Obrigado a todos e a cada um pelas leituras, os favoritos e os comentários! 

1) Tenho 31 anos e sou ribatejana de gema. 

2) Vivo em França desde há alguns anos e trabalho num hospital como fisioterapeuta; 

3) Como já perceberam pelo meus posts tenho casamento marcado para o 1º trimestre do próximo ano; 

4) Não tenho snapchat nem whatsupp porque a ideia de estar "conectada" 24horas por dia perturba-me. Mesmo os dados do telemovel estão desligados quase todo o dia para evitar os contactos com o Messenger

5) Não sou uma miúda popular mas tenho bons amigos que não trocava por nada!

6) A minha cor preferida é o verde, mas a minha roupa é maioritáriamente em tons de azul. 

7) A minha estação preferida do ano é o Outono mas sofro muito com a mudança de tempo e de luminosidade dos dias mais frios; 

8) Fui escuteira durante 12 anos e acho que foram os melhores anos da minha vida; 

9) Os meus hobbies são a leitura, a escrita, ver séries. Adoro romances e livros de psicologia positiva e de "auto-ajuda". Também gosto de cozinhar e de passear na Natureza;

10) Não sou do género "Socialite" mas adoro tudo o que têm a ver com Reis e Rainhas, Principes e Princesas... sejam da atualidade ou antigos. Não tenho, no entanto, nenhum interesse político em partidos monárquicos. 

Surpreendidos? 

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos.

 

 

 

Pág. 1/2