Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas da Cidade dos Leões

Um Blog que começou por ser um diário e que cresceu para algo mais. Por aqui os temas vão do desenvolvimento pessoal ao bem estar sempre com dicas e reflexões a propor. Sê bem vindo e se te agrada: segue! :)

Crónicas da Cidade dos Leões

Um Blog que começou por ser um diário e que cresceu para algo mais. Por aqui os temas vão do desenvolvimento pessoal ao bem estar sempre com dicas e reflexões a propor. Sê bem vindo e se te agrada: segue! :)

Qui | 05.09.19

7 dicas para lidar com a Procrastinação

Como eu próprio tento combater este problema...

Nala

Procrastinação?! Quem nunca ouviu falar deste palavrão que está tão em voga e que, sejamos honestos, nos "ataca" a todos de vez em quando. 

Hoje proponho-vos algumas estratégias que nos permitiram combate-la e avançar assim de forma mais eficaz na realização dos meus objetivos

Quando falamos em procrastinação falamos no ato de adiar uma tarefa até ao ponto em que ela não pode ser mais retardada e que resultará forçosamente numa situação de stress e de mau estar e que pode mesmo resultar na incapacidade de cumprir tarefas importantes.

Em casos extremos a procrastinação pode ser um entrave à realização de um projeto pessoal ou à exposição a novas experiências e novos oportunidades pessoais e profissionais. 

Apesar de nenhum de nós ser igual ao outro, e consequentemente nenhum de nós lidar da mesma forma com a procrastinação, aquilo que vos proponho hoje são algumas dicas que eu própria uso para combater esta situação e que desenvolvi numa fase em que estava particularmente "procrastinadora". 

- A primeira dica que vos posso dar é tentarem responder à pergunta: "Porque procrastino nesta atividade específica?".

Perceber o porquê de procrastinar vai fazer-nos perceber porque não avançamos em alguns projetos a que nos propomos: Será que estou demasiado cansada?, será que esta atividade não me motiva ou não consigo compreender a sua importância na minha vida? será que procrastino porque me faltam objetivos concretos? Se conseguirmos esclarecer esta resposta dentro da nossa cabeça será muito mais fácil "lutar" contra a procrastinação. 

- Criar objetivos e definir prazos de concretização: Criar objetivos é importante mas eles têm de ser SMART. E para serem SMART eles têm de ter prazos de realização.

E quanto mais estes prazos de concretização estiverem interiorizados mais rapidamente nos vamos envolver nas atividades necessárias para os realizar. 

- Elimina possíveis distrações: Ter o telemóvel à mão ou estar sujeito a outras distrações enquanto te tentas concentrar é uma péssima ideia.

Estas distrações não vão só facilitar a procrastinação mas também deixarão a tua atenção menos focada, o que diminuirá a tua capacidade de trabalho.

Por isso evita todas as distrações possíveis e imaginárias a que podes estar sujeito quando tentas realizar uma tarefa a que te propões. 

- Começa pela atividade mais difícil: Esta é a forma como funciono melhor, sobretudo quando tenho de realizar tarefas chatas ou pouco motivantes (como limpar a casa por exemplo).

Tento sempre começar o mais cedo possível pelas tarefas que me parecem mais difíceis ou aquelas de que menos gosto. Assim as seguintes parecerão menos complicadas. 

- Marca na tua agenda: Escrever todas as tarefas a cumprir pode ser uma boa forma de evitar a procrastinação e cumprir aquilo a que te propuseste. Se achas que precisas de um impulso extra podes mesmo estabelecer horários para tal. 

- Se te deste conta de que a tua procrastinação é fruto de receio ou de medo de te lançares o melhor conselho que te posso dar é: age! Agir, mesmo que pareça precoce ou pouco prudente, é muitas vezes a grande solução para "desbloquear" a realização de determinada tarefa. 

- E a última dica, que não é de todo menos importante, é não exijas demasiado de ti: Muitas vezes queremos fazer tanta coisa e a um ritmo tão acelerado que acabamos por não conseguir fazer nada. Por isso divide as tuas tarefas em micro-tarefas e acorda-te momentos de descanso e de relaxamento.

Nunca te esqueças que nem os Super-Heróis podem viver a 1000 à hora, 24 horas por dia. 

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos. 

pedro-da-silva-unEmGQqdO7Q-unsplash.jpg

Photo by Pedro da Silva on Unsplash

 

Ter | 03.09.19

Transforma os teus sonhos em objetivos!

Uma estratégia para definires os teus objetivos e, sobretudo, não desistires deles!

Nala

António Gedeão cantava que "O Sonho comanda a Vida"... eu diria que são esses sonhos a nossa motivação e o nosso "carburante". Aquilo que tanto nos faz querer avançar. 

Sou do género "Sonhadora Nata"... sou uma sentimental de primeira apesar de a vida me ter mostrado que uma certa objetividade moderada é necessária. 

Mas de que vale um Sonho se nos limitarmos a sonha-lo todas as noites sem nunca o colocar em prática? Tirando acordarmos com um sorriso nos lábios vai valer de muito pouco, não é?

O que vos proponho hoje é que agarremos nos nossos sonhos e os transformemos em objetivos. E que nos comprometamos definitivamente com eles. 

Objetivos, segundo o Dicionário da Língua Portuguesa, são coisas que pretendemos alcançar, o nosso propósito ou alvo.

No entanto estabelecer objetivos para a nossa vida não é exatamente aquilo que fazemos na noite de passagem de ano, em que debitamos uma dúzia de boas resoluções das quais, no dia seguinte, mal nos lembramos.

Estabelecer objetivos requer o uso de certas regras e é delas que vos quero falar hoje.  

- Um objetivo deve ser específico, ou seja, devemos saber exatamente aquilo que queremos. Nunca te esqueças de que quando não sabes para onde vais qualquer caminho serve. 

- Os objetivos devem ser mensuráveis, ou seja temos de conseguir avaliar objetivamente a sua evolução, o que será fundamental até para a nossa motivação. Um exemplo típico da necessidade de medida são as perdas de peso ou a prática desportiva. 

- Objetivos devem ser alcançáveis e realistas. Se pedirmos algo que seja totalmente impossível, ou por ser irreal ou por ser muito ambicioso a nível de tempo, é meio caminho andado para o fracasso. 

- Um objetivo deve ser relevante para nós. Se não soubermos exatamente qual o seu valor para nós ou se estipularmos objetivos apenas porque "sim" eles seram um peso extra e dificultaram o teu empenho naqueles que são verdadeiramente importantes. 

- Um objetivo deve sempre ter uma data de concretização. Saber para quando quero aquilo será meio caminho andado para me obrigar a agir. 

(E sim, para aqueles que o reconheceram, acabamos de usar o método SMART para a criação de objetivos pessoais)

Reforço a ideia de que estabelecer objetivos atingíveis e com metas temporais razoáveis é extremamente importante para evitar desilusões e abandonos a meio caminho. 

Quando estipulamos um objetivo desta forma colocamo-nos perante um compromisso e, a partir dele conseguiremos mais facilmente fazer as escolhas acertadas na altura devida. Outra forma de te comprometeres (especialmente se precisares de um lembrete de tempos a tempos) é escreve-lo e selar uma espécie de contrato contigo próprio. Assim de certeza que te sentirás na obrigação de avançar com ele. 

E tu, qual será o teu próximo objetivo devidamente formulado? Não deixes de partilhá-lo connosco aqui nos comentários. 

cathryn-lavery-fMD_Cru6OTk-unsplash.jpg

Photo by Cathryn Lavery on Unsplash

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

 

Dom | 01.09.19

Setembro!

Nala

O mês de Setembro é um mês muito especial para mim. Talvez porque a minha cabeça ainda funcione em ano escolar, sempre vi Setembro como um mês de renovação, de recomeços. 

Setembro trás com ele o regresso às rotinas, o fim das férias, os dias mais curtos e mais frescos. Mas também nos trás a possibilidade de fazer balanços, de começar ou recomeçar projetos e de criar novos hábitos e rotinas. 

E é sobre essa parte tão mágica de Setembro de que vos pretendo falar ao longo de todo este mês. Durante este mês abordarei temas aqui no blog que vão desde o estabelecimento de objetivos, de rotinas, a importância dos hobbies, de melhorias a efetuar em casa e no trabalho para que a nossa vida seja cada vez mais completa e feliz. 

Espero que me acompanhem ao longo deste mês que agora começa e que não deixem de partilhar nos comentários as vossas opiniões, experiências pessoais e mesmo ideias de novos posts ou temas que gostassem de ver mais desenvolvidos. 

Posto isto resta-me desejar-vos um mês de Setembro fantástico, cheio de conquistas e aprendizagens. 

brigitte-tohm-BnyCP-1Wd8A-unsplash.jpg

Photo by Brigitte Tohm on Unsplash

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

 

Pág. 3/3