Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas da Cidade dos Leões

Um Blog que começou por ser um diário e que cresceu para algo mais. Por aqui os temas vão do desenvolvimento pessoal ao bem estar sempre com dicas e reflexões a propor. Sê bem vindo e se te agrada: segue! :)

Crónicas da Cidade dos Leões

Um Blog que começou por ser um diário e que cresceu para algo mais. Por aqui os temas vão do desenvolvimento pessoal ao bem estar sempre com dicas e reflexões a propor. Sê bem vindo e se te agrada: segue! :)

Qui | 16.07.20

10 Coisas de que gosto mais em França do que em Portugal

Nala

Aqui há uns tempos atrás já vos tinha trazido as "10 coisas de que gosto mais em Portugal do que em França" e foi um texto que agradou bastante. Hoje, e para fazer justiça ao pais que me acolheu há quase 6 anos, trago-vos as "10 coisas que gosto mais em França do que em Portugal". 

Se não me conhecem ou se descobrem agora este tipo de textos no blog gostaria de vos dizer que o objetivo disto não é, de todo, fazer uma comparação entre paises mas apenas olhar, com algum humor, para diferenças (ou parecenças) marcadas entre os dois. 

Se gostarem destes posts não deixem de comentar, assim como se vocês tiverem alguma experiência internacional ou tal como eu (e mais uma boa quantidade de Portugueses) morem ou tenham morado em França. 

Agora que a mensagem está passada podemos começar as 10 coisas de que gosto mais em França do que em Portugal

Curiosamente foi-me mais difícil escrever esta versão, vá-se lá saber porquê. 

Ora aí vamos nós!

 

- Mercados: Os mercados semanais de fruta e legumes são uma instituição em França.

Não há ninguém, ou são muito poucos, aqueles que não aproveitam uma manhã de fim de semana para fazer as suas compras de fruta, legumes, queijos e por aí fora. E os clientes vão desde jovens a pessoas mais velhas.

Um encanto!

 

- Montras das Pastelarias: A pastelaria francesa e a pastelaria portuguesa são bastante diferentes e igualmente boas mas, no que a apresentação diz respeito, os nossos primos gauleses dão-nos uma "abada". Basta olhar para as montras das pastelarias e as nossas papilas começam a bater palminhas de contentamento. 

As diferenças de preço, mesmo com as diferenças de salário, são muito mais vantajosas para os comilões em Portugal.

 

- Rendez-vous no banco: A cultura do hora marcada para tudo é algo que, às vezes, me chateia por aqui... Para quase tudo é preciso hora marcada e é sempre o consumidor que faz os esforços.

No entanto quando se trata de bancos esta marcação pode ser uma benção. O gestor de conta estará ali e com o trabalhinho pré-feito para responder a todas as tuas questões... Prático, não?!

 

- Horários de trabalho: Ok, sem querer entrar em discussões sobre políticas de emprego, a verdade é que os horários de trabalho em França podem ser bastante vantajosos (claro que depende dos casos). 

 

- Respeito dos Domingos: De uma forma geral por aqui os supermercados ora estão fechados ao Domingo ora estão em horário parcial (de notar que, de uma forma geral a "amplitude horária" é bem mais pequena do que em Portugal, com horários que vão das 8:30 às 21h). Isso, apesar de nem sempre me "dar jeito" enquanto compradora me deixa feliz por saber que os funcionários poderam aproveitar algum tempo em família. 

 

- "Apéro": O Apéro (ou aperitivo) é aquele tempo convivial em que se bebe um copo e se come qualquer coisa antes da refeição.

Pode ser feito antes da refeição quer comamos juntos ou não ou em forma de "lanche-ajantarado". 

Este tempo é bastante comum por aqui e é aproveitado por pessoas de todas as idades e, pessoalmente, acho-o bastante convivial. 

 

- A Montanha: Se em Portugal vos falei da próximidade do Mar aqui tenho de vos falar da próximidade da montanha.

Sejam os Alpes ou os vulcões de Auvergne, em Lyon estamos relativamente próximos de grandes zonas montanhosas.

Se os desportos de Inverno não me tentam nem um pouco admito que as passeatas no verde da montanha e à volta dos lagos são bastante tentadoras. 

 

- Preços e "escolha" em cosméticos: Já se sabe que eu sou a maluquinha dos mil e um cremes.

A verdade é que por aqui os preços são (ligeiramente) mais baixos do que em Portugal e a escolha é um bocadinho maior (mesmo que isso esteja a mudar). 

 

- Percursos de caminhada bem marcados em todo o lado: Os percursos de caminhada são bastante procurados por aqui e, em consequência, numerosos e muito bem marcados. 

Ainda para mais, ao chegares a um sítio novo, conseguirás facilmente uma carta seja online, seja através de aplicações específicas para telémovel ou em sites internet. 

 

- Escolha de queijos: Em Portugal temos muito bons queijos mas, em França, a oferta é muito maior e mais variada. Há literalmente queijos para todos os gostos e feitios e, para uma grande gulosa como eu, isso é uma benção!

 

Não te esqueças de acompanhar as Crónicas da Cidade dos Leões no Instagram e no Facebook: há muita coisa a acontecer por lá.

Se por acaso o conteúdo deste texto te agradar não deixes de o partilhar com familiares e amigos.

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Nala

    16.07.20

    Se lhes juntarmos o vinho e os chocolates (viva os vizinhos Bélgica e Suiça) é o quarteto fantástico! Beijinhos Luísa
  • Perfil Facebook

    Manuel Siza Vieira

    26.07.20

    Bom Dia , 
    é um portugues com quase cinco anos de França que escreve para dizer que concordo com quase tudo que escreveu mas ia acrescentar os vinhos e a comida à sua admiraçao pelos queijos . De resto , os mercados em França ,os horarios de trabalho e o respeito do domingo derivam de um Estado que nao se rendeu às  grandes superficies e estabeleceu regras para que pequenos e grandes pudessem sobreviver  ! Quanto ao " apero" ,é quase uma tradiçao  francesa com o cha das cinco em Inglarerra ou o churrasco dominical nos Estados Unidos !...
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo

    26.07.20

    Pequeno esclarecimento: o "chá das cinco" (como aliás o chá tout court) foi introduzido em Inglaterra pela princesa Catarina de Bragança. Para além do chá, foi também ela que levou o hábito de se comer em pratos de porcelana e de utilizar talheres (os ingleses comiam com os dedos).
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.